HELP PORTAIT


Uma mobilização diferente mudou a rotina dos moradores do bairro Resistência, em Vitória, neste sábado. Na região aconteceu o Help Portrait, um evento organizado por fotógrafos profissionais e amadores de várias partes do mundo. O objetivo é levar a pessoas com menos condições, a possibilidade de ter uma foto produzida com toda a família, nos porta-retratos de casa.

Em Vitória, o movimento foi organizado por um grupo de 18 fotógrafos, que além de atender às pessoas no Centro de Educação Infantil (CMEI) Anísio Spíndola Teixeira, iam de porta em porta dando a opção do morador ter a foto tirada na própria casa. A divulgação também foi por meio de panfletos. Cada pessoa 'clicada' terá direito a uma cópia da foto no tamanho 13x18.

A estudante, Thays Bento, 13 anos, aproveitou a ocasião para tirar a foto com todos os irmãos, que já têm um destino certo. "Eu nunca tirei uma foto tão bonita e é a única que tenho com minha família. Assim que ela tiver comigo, vou mandar uma cópia para a minha tia que mora em São Paulo e que tem tempo que eu não vejo", conta.

Já a dona de casa, Marta Conceição, 29 anos, vai decorar a casa com a foto. "Eu juntei todo mundo da família para poder colocar uma foto bem bonita na minha sala. Eu só tenho fotos pequenas em casa, desse tamanho eu nunca tive. Vai ficar lindo", diz.

Uma das organizadores do movimento, Jussara Leite, ressalta que é uma satisfação participar desse tipo de ação. "Eu me sinto realizada, porque a gente fotografa tanto e nem sempre temos tempo de conversar, ter uma relação próxima com o fotografado e acabamos ficando um pouco vazios. Nesse projeto, nós não temos uma relação não somente de uma foto, mas uma troca emocional", explica.

Além de realizarem um desejo de muitas famílias, os fotógrafos reúnem doações para a comunidade como roupas, livros, alimentos e móveis que serão distribuídos pela Associação de Moradores do bairro.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Escreva aqui seu comentário